Dúvidas

  • Tenho doença de Parkinson há 2 anos. Quando devo procurar um (a) neurocirurgião (ã)?

    É importante que o tratamento da Doença de Parkinson seja feito por um(a) neurologista especialista em distúrbios do movimento, além do acompanhamento com fisioterapia especializada.

    A Doença de Parkinson é progressiva e, muitas vezes, as medicações utilizadas no início do tratamento não são suficientes para manter uma boa qualidade de vida. Geralmente, isso começa a acontecer após 4 ou 5 anos do início da doença, e é aí que um(a) neurocirurgião(ã) funcional especialista em distúrbios do movimento deve ser procurado(a).

  • Tenho dor na coluna há meses que não passa. O que eu posso fazer para melhorar a minha dor?

    A dor na coluna é, mais comumente, de origem nociceptiva, relacionada à distensão muscular ou degeneração das articulações, mas pode ainda ser irradiada para a perna. Medidas como correção da má postura e realização de exercícios específicos orientados pela fisioterapia podem ajudar. Mas, é muito importante, que a exata causa da sua dor, seja determinada, para que o tratamento seja direcionado. Procure sempre um médico caso a dor não passe com o uso de analgésicos simples.

  • Tenho Tremor Essencial há 20 anos. Quando devo procurar um (a) neurocirurgião (ã)?

    É importante que o tratamento do Tremor Essencial seja feito por um(a) neurologista especialista em distúrbios do movimento.

    O Tremor Essencial é o distúrbio do movimento mais comum e é progressivo. Muitas vezes, as medicações utilizadas no início do tratamento não são suficientes para manter uma boa qualidade de vida, gerando desconforto e embaraço social, ao sair para comer em um restaurante, por exemplo. Quando isso começa a acontecer, um(a) neurocirurgião(ã) funcional especialista em distúrbios do movimento deve ser procurado(a), para que uma avaliação multidisciplinar seja feita.

  • Tenho Distonia há 10 anos e tenho notado que a toxina botulínica já não faz mais tanto efeito, como fazia no início. O que devo fazer?

    A distonia é um distúrbio neurológico progressivo e é comum que você tenha a impressão que a toxina botulínica não faz mais tanto efeito ou as aplicações estão passando a ser em um intervalo cada vez mais curto. É neste momento em que você está sentindo prejuízo na sua qualidade de vida, que um(a) neurocirurgião(ã) funcional especialista em distúrbios do movimento deve ser procurado(a), para que uma avaliação multidisciplinar seja feita.

Agende uma consulta

NeuroCENNA: Segunda e Sexta das 8 às 18h.

Particular

Convênio

Todos os campos são obrigatórios
AGENDAR

Atendo os principais convênios:

0%
Agende uma consulta